A+  A-  |  voltar

Bunionette - Joanete do 5º Dedo


Bunionette é um dos nomes relacionados à deformidade em joanete do 5º dedo do pé.

 

 

A palavra “ Bunion ", assim como “ Bone " (osso em inglês), deriva da palavra “ Bony " do antigo dialeto anglo-saxão e se refere a “ ossudo, cheio de osso, preenchido por osso ”.

Bunion é o nome da protuberância medial do joanete do Hallux (1º dedo ou “dedão” do pé); portanto, Bunionette quer dizer “ Pequeno Joanete ”, pelo acréscimo do sufixo diminutivo “ - ette ” da lingua francesa.

Outros nomes também estão relacionados a esta deformidade : Joanete do Alfaiate, Juanete de Sastre (em espanhol) ou Tailor’s Bunion (em Inglês).

O joanete do 5º dedo é uma deformidade em varo da quinta articulação metatarsofalângica do pé, isto é, uma deformidade articular do dedo mínimo angulada para o lado interno do pé.

O Bunionette é causado pelo atrito e pela pressão repetitiva da borda lateral do calçado sobre a articulação do dedo.

Calçados de ponta ou bicos finos, com ou sem saltos altos, podem provocar calosidades na porção lateral e/ou plantar do 5º dedo, acelerando o desenvolvimento do bunionette.

Algumas alterações anatômicas do pé também estão relacionadas à progressão da deformidade e são classificadas em três tipos:

Tipo 1: Alargamento e protusão da cabeça do 5º metatarso

Tipo 2: Curvatura lateral anormal do 5º metatarso

Tipo 3: Aumento do ângulo entre o 4º e 5º metatarsos

 

 

 

A principal queixa é a dor latejante e constante na borda lateral do dedo, que aumenta com o uso de calçados estreitos. Eventualmente pode ocorrer a inflamação dos tecidos, com rubor, calor local e dor intensa.

 

 

A avaliação radiológica do pé é importante para definir o grau e o tipo de deformidade presente.

O tratamento conservador é feito com a modificação do tipo de calçado, adaptação de palmilhas ou protetores ortopédicos, uso de remédios anti-inflamatórios e aplicação de bolsa de gelo.

 

          

 

O tratamento cirúrgico é indicado quando a queixa do paciente é recorrente ou não houve melhora com o tratamento conservador.

A cirurgia é realizada de forma ambulatorial com anestesia local ao nível do pé e tornozelo, o que minimiza os riscos e promove um maior tempo de analgesia.

 

            

 

A técnica atualmente mais utilizada é o realinhamento articular através de uma pequena incisão lateral, muito semelhante à correção do joanete do 1º dedo (dedão) do pé, porém em escala menor.

O procedimento consiste em realinhar o 5º dedo através de uma secção óssea, fixando internamente com micro-parafusos. Esses não interferem nas outras estruturas e não necessitam ser retirados posteriormente.

 

 

O apoio é permitido imediatamente após a cirurgia com o uso de uma sandália ortopédica (Sandália de Barouk) que é mantida por 45 dias, em média, até a consolidação óssea. Após esse período, o paciente é liberado para usar calçados fechados com salto baixo até a completa recuperação.

 

 

O seguimento correto pelo paciente das orientações dadas pelo médico no pós-operatório garantem o sucesso do tratamento, diminuindo assim a chance de resultados insatisfatórios e complicações.

Consultório


(51) 3737.2003

Celular & WhatsApp : (51) 99574.5500

Internet : Agendamento Online 

R. Ramiro Barcelos, 630 / Sala 506

Cep: 90035-001 

Floresta - Porto Alegre - RS

Obs.: Estacionamento no local